Lei da atracção, realidade ou ficção?




“Os opostos atraem-se” é uma lei de atracção, pelo menos quando está em causa electromagnetismo. Mas existem leis da atracção entre duas pessoas? “Num mundo que está cheio de estranhos”, como um refrão numa qualquer canção da década de 80, existirá um conjunto bem definido de regras que permite que duas pessoas se enamorem uma pela outra?

A atracção é uma questão química?




Talvez. Segundo os cientistas, a atracção entre os animais do sexo oposto é baseada apenas numa componente química chamada feromona. O efeito das feromonas no comportamento dos insectos são os mais estudados até hoje. Foi observado, pelo menos em algumas experiências, que as feromonas são responsáveis pela comunicação entre as mesmas espécies e colónia de formigas.

O terrível odor libertado pelas doninhas para repelir os inimigos é dito ser um tipo de feromonas. Algumas espécies de símios esfregam urina cheia de feromonas, nos pés de potenciais companheiros para os atraírem. Alguns cientistas acreditam que os animais (geralmente, o sexo feminino), como os insectos e mamíferos, enviam estes sinais químicos para dizer ao macho da sua espécie que seus genes são diferentes das deles.

Esta diversidade genética é importante para produzir prole com melhores chances de sobrevivência. A industria do perfume tem capitalizado as feromonas como um meio para o aumento da atracção sexual. Animais como a baleia e os almiscareiro foram caçados quase até à exaustão para a produção de produtos químicos que aumentassem o efeito nos perfumes.

Ultimamente, os cientistas têm estudado a existência de feromonas humanas e o seu papel na selecção de parceiro sexual. Existem muitas opiniões conflituantes na área de biologia, química, genética, e da psicologia. A maioria dos cientistas afirmam que estas não desempenham um papel fundamental na atracção sexual entre um homem e uma mulher. Mas novas pesquisas como a realizada por investigadores da Universidade suíça de Berna liderada por Klaus Wedekind estão a obrigar que grande maioria  destes cientistas repensem a sua posição.

A sua experiência envolveu mulheres durante a sua ovulação a cheirar camisas de algodão de homens diferentes. Chegou-se á conclusão que as mulheres preferem o cheiro das camisas dos homens que eram geneticamente diferentes, mas que também partilhassem semelhanças com os genes da mulher. Este, tal como no caso dos insectos e de outros mamíferos, era garantir as melhores e mais saudáveis características para os seus futuros filhos.

Mas os investigadores também advertiram que a preferência por uma fragrância masculina seja afectada pela ovulação da mulher, os alimentos que os homens ingeriram, perfumes e outros produtos que intensifiquem o odor corporal do homem, e o uso de pílulas anticoncepcionais.

A personalidade influencia a atracção sexual?

Sim, mas também a sua percepção da personalidade de um potencial companheiro . De acordo com uma pesquisa realizada por Klohnen, CE, & S. Luo, em 2003, sobre atracção interpessoal e personalidade, o sentimento de segurança e a percepção da personalidade do seu parceiro foi considerado um factor determinante de atracção em situações hipotéticas. O que é que isso nos diz? Que nós preferimos um certo tipo de personalidade, o que  depois o atrai para uma pessoa.

Mas, além da real personalidade da pessoa, que só pode ser verificada através de uma estreita interacção com o tempo, é a percepção da personalidade do seu potencial parceiro que o atrai a ele / ela,  independentemente de a pessoa ter realmente ou não essa personalidade. E provavelmente já deve ter ouvido homens e mulheres desabafarem quando saem de um ralacionamento falhado: “Eu sempre pensei que ele / ela era outro tipo de pessoa”.

Então como é que a atracção figura nos relacionamentos?

Provavelmente já terá ouvido que a atracção é um prelúdio, ou um factor para uma relação. Muito provavelmente será assim, pelo menos no início, mas a atracção por si só não pode fazer uma relação funcionar. É a atracção que faz com que você se aproxime de alguém, mas, quando começa a conhecer a pessoa mais intimamente, a atracção é apenas mais uma consideração a ter em conta. A partilha de valores, sonhos, e paixões  tornam-se mais significativos em relacionamentos de longo prazo.

Então eu deveria parar de tentar tornar-me atraente?

Mais do que tentar tornar-se atraente fisicamente, deve trabalhar em todos os aspectos de sua saúde: física, emocional, mental e espiritual. A atracção física ainda é um precursor. Lembre-se, a biologia predispõe-nos a escolher o parceiro com os genes mais saudáveis. Se as suas emoções estão em causa, basta pergunta-se a si mesmo: deseja passar mais tempo com uma pessoa que se sente insegura? Provavelmente não! É de grande valor conhecer-se a si mesmo: quem é você, quais são as suas crenças, valores e sonhos. E não fingir ser alguém que não é.

Enganar outra pessoa, fazendo-a pensar que compartilha os mesmos valores e crenças só lhe irá causar decepções e tristezas. Quando se é saudável em todos os aspectos, a atracção torna-se uma consequência e não um fim. Conforme mencionado na investigação de Klohnen e Luo, o sentimento de segurança conta bastante, talvez até além do atractivo. Mas lembre-se: faça todas essas coisas para si e não para outras pessoas. Só então poderá realmente aproveitar a sua atractividade.

9 comentários

  1. Por Wagner Woelke

    Em algum momento de nossas vidas pode aflorar o desejo e o sonho de mudar radicalmente de vida, saindo de uma rotina muitas vezes frustrante e fracassada, em busca de horizontes mais gratificantes e coroados do sucesso que nunca experimentamos antes. Então, tomamos as providências para as grandes mudanças.
    De repente, parece que o Universo inteiro se levanta e põe-se em oposição quase irresistível à realização de todos os nossos novos intentos, obstruindo a realização não só dos maiores, mas também dos mais simples desejos, destruindo tudo o que sonháramos.
    Por que isso acontece?
    Quem é o grande sabotador dos planos mais íntimos de mudanças que pretendemos implementar?
    Como lidar com ele?
    “EU SUBLIMINAR – O Verdadeiro Condutor da Lei Universal da Atração” mergulha no interior da identidade humana e faz uma análise minuciosa de todo o processo que verdadeiramente está envolvido nesta questão, de uma maneira jamais vista anteriormente, e finalmente, desmascara o “inimigo” interior, desnuda seus propósitos e sua forma de agir.
    Descubra os detalhes mais interiores de si mesmo que desconhece, pela leitura deste livro inspirado. Depois disto, você nunca mais será o mesmo!

    Extraído do livro EU SUBLIMINAR DE WAGNER WOELKE – À venda nas principais livrarias do Brasil:
    http://www.martinsfontespaulista.com.br/ch/prod/440979/EU-SUBLIMINAR—O-VERDADEIRO-CONDUTOR-DA-LEI-UNIVERSAL-DA-ATRACAO.aspx

    http://www.livrariasaraiva.com.br/produto/4681648/eu-subliminar-o-verdadeiro-condutor-da-lei-universal-da-atracao/

    http://www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?nitem=30760857&sid=7681351501543530872056046

    http://www.giostrieditora.com.br/livraria/eu-subliminar/

    http://www.siciliano.com.br/livros/eu-subliminar-o-verdadeiro-condutor-da-lei-universal-da-atracao-giostri/?pacId=26213&FIL_ID=102&utm_source=buscape&utm_medium=buscape&utm_campaign=buscape

  2. Parabéns!!! é tudo que estou precisando no momento.
    Concordo plenamente com a lei da atração! Pena que nem sempre conseguimos boas vibrações! Faz parte de nossa condição humana, ainda somos seres imperfeitos mas que não aceitamos ser assim tão imperfeito.
    No fundo estaremos falando da falta de conhecimento mais a fundo das Leis Universais.
    Sabe qual é a forma mais fácil de fazer isso?
    Ajuda-me!
    Obrigada!
    Francisca

  3. Concordo plenamente com a lei da atração! Pena que nem sempre conseguimos boas vibrações! Faz parte de nossa condição humana, ainda somos seres imperfeitos mas que não aceitamos, tornando com isso cada vez mais distante nosso melhoramento!
    Contudo, estamos ai, tentando…. tentando….. um dia conseguiremos a tão sonhada perfeição!!!
    Abraços!

  4. Gostei muito da reportagem , abrevida e direta parabéns. Se fosse possivel poderia mandar esse tipo de materia para o meu e mail tenho alguns amigos que precisariam ler algo assim. Obrigado

  5. quero parabenizar por esta reportagem era tudo que eu estava precisando neste momento da minha vida parabens isto so enobrece oser humano

  6. Acredito que nós atraímos com mais facilidade pessoas semelhantes a nós mesmos, de modo que a famosa crença de que “os opostos se atraem” não seja assim tão verdadeira. As bases de um relacionamento mais sólido são muito mais profundas do que a simples aparência ou atração física, assim, é complicado estabelecer um relacionamento duradouro com um(a) parceiro(a) com quem não haja afinidades, já que em uma relação afetiva os mecanismos de projeção e introjeção são intensos entre os cônjuges. Portanto, defendo a tese de que “os semelhantes se atraem, enquanto os opostos se distraem”.

  7. CRIANDO REALIDADES

    Viver é inventar o seu destino.

    Ou, pelo menos, deveria ser.

    O ser humano nasce e o papel que deve cumprir no processo da vida lhe é imediatamente apresentado, sempre, seja de forma explícita ou muitas vezes de forma tácita, por seus próximos – pais, mestres, tutores, líderes religiosos e afins – ou de forma mais genérica e abrangente, mas igualmente poderosa e esmagadora, através da cultura, da história e das tradições de seu povo, ou da sua região, e isto muitas vezes é genético, está no sangue e no DNA!

    Eis aí a situação que se apresenta para a grande maioria dos indivíduos.
    Ela poderia ser educadora, e proporcionar crescimento e libertação, mas infelizmente o que comumente se vê é que se trata, na verdade, de uma prisão individual, castradora e torturante, a qual, se a pessoa não tiver um referencial íntimo muito definido e atuante que a habilite a em algum momento de sua vida concientizar-se do erro que possa lhe estar sendo imposto e reagir adequadamente a isso, pode levá-la a ter toda uma existência difícil, caracterizada por uma sucessão de acontecimentos desastrosos, frustrantes, decepcionantes, e que encerrarão esta vida numa situação de uns poucos momentos de felicidade, se houverem, mas em que predominarão a infelicidade, a decepção e o sofrimento.

    Certamente não foi para esta condição de este ser complexo e fantástico, o ser humano, foi criado.

    O ambiente das idéias tratadas neste livro é o Universo, e as implicações do exercício da vida das pessoas com ele.

    Saiba definitivamente que é garantida, diretamente pela Grande Mente Universal, a todo indivíduo, a possibilidade de afirmar-se concretamente na sua vida cotidiana, pela expressão de seu arbítrio, quando elabora por si mesmo, de acordo com suas próprias necessidades e impressões, surgidas de sua própria interpretação do que seja a vida, sua finalidade, e como ele está inserido no processo.

    “A razão de sua vida é você mesmo!” Aristóteles.

    O ser humano está inserido num ambiente que, em princípio, lhe é favorável. As leis universais atuam de modo a criar as condições básicas de bem estar, abundãncia, leveza… O Universo, em princípio, é favorável à vida!

    As pessoas, todas, existem para viverem a vida em sua plenitude! O que implica na predominância de felicidade em seu dia-a-dia!

    Se a afirmação acima não reflete a sua verdade de vida neste momento para você, leitor, então, convido-o a tomar providências para sua correção. Você pode e deve reivindicar a sua vida em plenitude.

    Para alguns, prevalece o conceito de que as coisas que vão acontecendo em suas vidas devem ser creditadas ao acaso, ao destino, à sorte, a coincidências, ao carma. Têm, na verdade, conduzido suas vidas meio a êsmo.
    Na verdade, ”como nós temos observado repetidamente, em um universo onde todas as coisas estão conectadas com todas as outras, não existe este tipo de coisa: acidentes.” – David R. Hawkins. “Em virtude de ser o poder das causas invisível e somente a manifestação de seus efeitos serem observáveis, há uma ilusão de que ocorrem eventos “acidentais”. Um repentino e inesperado evento pode parecer randômico, não-relacionado com causas observadas, mas sua real origem pode ser mapeada através de pesquisas.” Idem.

    “Saúde, bem estar e prosperidade são os estados naturais de “ser”, em harmonia com a realidade. Qualquer coisa menos que isso merece uma análise interior, principalmente quanto aos padrões de atração.” Idem.

    As páginas seguintes descreverão algumas armadilhas existenciais observadas ao longo da experiência de vida de quase todos, e as deixarão expostas para o leitor, para que se identifique, e relatarão alguns fatos reais advindos da reação e posterior domínio destas situações.
    No fundo estaremos falando da falta de conhecimento mais a fundo das Leis Universais, estas cerca de, segundo alguns autores, 30 normas gerais que regulam as relações das várias manifestações de fenômenos, a que todo o Universo se sujeita, inclusive cada um de nós, cujas premissas estão agindo o tempo todo em tudo; das sutilezas de sua forma de atuação, de como o não entendimento de seus princípios podem sabotar toda uma vida, e da possibilidade de usar seus princípios e energia de modo a que sempre aja a nosso favor.

    Hoje vemos navios feitos de aço, com pesos brutos acima de 500.000 toneladas, flutuando na água! A lei da gravidade sempre esteve aí, e houve um momento, que a nossa história identifica como por volta do ano 3.000 a.c., em que o ser humano compreendeu certos princípios físicos, e pôde conseguir esta proeza – a de fazer o aço flutuar! Não há mágica, nem milagre, nem é nada místico: é conhecimento dos princípios de leis naturais, compreensão das suas formas de atuação e obediencia aos seus imperativos!

    Hoje vemos aviões de que pesam mais de 400 toneladas cruzarem os céus, voando mais alto que qualquer pássaro, muito embora a mesma lei da gravidade esteja atuante como sempre. Também o vôo destas máquinas gigantescas mais pesadas que o ar, não é mágica, nem milagre, nem nada místico: é conhecimento dos princípios de leis naturais, compreensão das suas formas de atuação e obediencia aos seus imperativos!
    Da mesma forma, vamos procurar conhecer os princípios das leis naturais, compreender suas formas de atuação e, através da obediência às suas determinações, que são imutáveis e iguais para todos, desde sempre, determinar as formas através das quais elas vão atuar em nosso favor, para a consecução de nossos desejos, anseios e objetivos!

    Assimile definitivamente os princípios das leis universais em seu ser, incorpore-os em sua estrutura psicológica, e você experimentará o favor do Universo, sempre, em todas as áreas de sua vida!

    Este é um universo favorável. Basta que o compreendamos.

    No mais, deixo aqui uma pergunta, que pode ser determinante para a definição de seus caminhos aqui nesta vida: Seu desejo é uma ordem, mas…o que você vem desejando de fato, lá no mais profundo de seu ser?

    Prefácio do livro “CRIANDO REALIDADES – Trate seus assuntos diretamente com o Universo”, de Wagner Woelke

  8. Segundo a poderosa Lei Universal da Atração, você atrai para si a essência daquilo que ocupa predominantemente seus pensamentos.

    Por isso, se pensar intensamente nas coisas que deseja, sua experiência reflexiva começará a refletir estas coisas.

    Mas, se estiver pensando constantemente nas coisas que não deseja, sua experiência de vida também começará, com o tempo, a refletir estas coisas.

    (Perceba: as vibrações oriundas de seus pensamentos catalisam uma formação de padrões vibratórios semelhantes no espaço e ambiente universal, que se aglutinam e começam a tomar forma pelo surgimento de situações e circunstâncias que propiciem sua manifestação física, e estas manifestações físicas são do mesmo padrão que as originou – seus pensamentos.)

    Pensar em qualquer coisa é como planejar um evento futuro.

    (Não tem como não ser desta forma. Você está emanando vibrações através de seus pensamentos e sons em tempo integral. Essas suas emanações ficam vagando por aí, quer você queira, quer não.)

    Quando pensa com gosto, está planejando.

    Quando pensa com preocupação, também está planejando. Mas cuidado: preocupar-se significa deixar a sua imaginação criar o padrão vibrátil de algo que você não deseja.

    Jamais se esqueça:

    Todo pensamento, toda idéia, todo Ser, tudo, TUDO É VIBRÁTIL.

    Por isso, se você concentra sua atenção em algo, mesmo por um breve período, a vibração do seu ser começa a refletir a vibração daquilo a que você está dando atenção. Quanto mais você pensa em alguma coisa, mais vibra como ela; e, quanto mais você vibra como ela, mais você a atrai. Enquanto sua vibração não for diferente, essa tendência continuará a aumentar. Quando sua vibração mudar, as coisas que correspondem a essa nova vibração serão atraídas para você por você.

    Então, o segredo para atrair algo que você deseja é entrar em harmonia vibrátil com esse objeto do desejo.

    Sabe qual é a forma mais fácil de fazer isso?

    É imaginar-se tendo essa determinada coisa.

    Faça de conta que ela já faz parte de sua experiência, e deixe seus pensamentos fluírem rumo ao prazer de experimenta-la.

    À medida que você praticar estes pensamentos e começar a oferecer estas vibrações regularmente, estará permitindo que este objeto do desejo se achegue à sua própria realidade de vida.

    (Tenha certeza disso: quando você solta seus pensamentos, alguma coisa começa a acontecer em decorrência disso, e os padrões vibráteis destes seus pensamentos se aglutinam a padrões semelhantes e, por isso, situações, circunstâncias e coincidências começam a surgir, em um tempo que você não controla, que redundarão na incorporação daquilo que você desejou, ou algo da mesma natureza, na rotina da sua vida.)

    Mas:

    Preste atenção para ver se você está concentrando sua atenção na posse do objeto de desejo, ou na ausência dele.

    Quando a vibração dos seus pensamentos corresponde ao seu desejo, você se sente bem, muito bem consigo mesmo. Suas emoções são de satisfação, de contentamento, de expectativa otimista e alegria.

    Mas, se você se concentrar na falta daquilo que deseja, sentirá depressão, irritação, desânimo, pessimismo, preocupação, raiva, insegurança e coisas deste jaez.

    Nesta última condição descrita, saiba que você NÃO atrairá o seu objeto do desejo. As vibrações emanadas de si não correspondem a vibrações que se harmonizam com aquelas emitidas pelo alvo.

    Repetindo:

    O segredo para atrair algo que você deseja é entrar em harmonia vibrátil com esse objeto do desejo.

    Quando você compreende a Lei da Atração, nunca é surpreendido pelo que ocorre na sua vida, nem se desespera frente a situações antagônicas, pois sabe que através de seu próprio pensamento convidou cada pedacinho daquela experiência para entrar, e que também, através do seu próprio pensamento, pode criar, desta vez concientemente, o pré-projeto de uma nova condição, e começar a dar novos rumos aos acontecimentos, atingindo uma nova situação mais próxima de algo que lhe agrade.

    Adaptado por Wagner Woelke do livro “Peça e Será Atendido”, de Esther e Jerry Hicks.

  9. Colegas, para entrar em sintonia com o Universo, o procedimento de meditação é essencial. Penso que o fato de eu chegar em vários lugares, repartições públicas, bancos, e afins, e tudo dar certo de primeira, ou eu ir a um caixa eletrônico num domingo, e encontrar pessoas nervosas do lado de fora tentando entrar, e a porta não abre, e eu experimentar a porta e ela abrir na primeira tentativa minha, e todo mundo ficar admirado, ou eu pensar na sexta feira que preciso me atualizar em relação a informações de um modo geral, planejando comprar o estadão no Domingo, e no sábado á tarde entregarem uma revista Veja -exemplar de assinante- no meu endereço(Não sou assinante da Veja), aonde eu resido há vários anos, com meu endereço completo, porém em nome de outra pessoa de quem nunca ouvi falar (se eu soubesse quem era a pessoa, teria encaminhado para ela – como não sei quem é, conclui que era um presente para mim), e uma infinidade de fatos semelhantes a este, são sintomas de harmonia com a Grande Mente Cósmica. As coisas e situações são preparadas com antecedencia por esta mente, de acordo com nossos desejos. Mas a sintonia se adquire com a prática da meditação.
    Beijos
    Wagner Woelke

    Veja o meu ultimo post Recebemos a essência de nossos pensamentos

Deixar uma resposta