Mudar hábitos, o que evitar para alcanças os seus objetivos

Mudar hábitos, o que evitar para alcanças os seus objetivos

Nos últimos anos aprendi muita coisa sobre a melhor forma de mudar os hábitos, desde optar pelo vegetarianismo, começar a praticar exercício físico regularmente entre muitas outras pequenas coisas que garantiram que atingisse os meus objetivos definidos.

Não só aprendi bastante sobre o que devemos fazer quando tentamos mudar os nossos hábitos, mas através das minhas falhas, aprendi sobre o que não devemos fazer.

E os desafios (também apelidados por problemas, dificuldades, fracassos) estiveram sempre presentes a cada passo.

Com a minha experiência descobri que os erros são tão importantes como os sucessos quando tentamos melhorar, especialmente quando se trata de mudar hábitos. Não é uma tarefa fácil, e tenho a certeza que todos nós que já tentamos desistir de alguma coisa falhamos, ou tentado fazer alguma coisa positiva não tendo conseguido. O segredo, como é óbvio, passa por não desistir quando falhamos, mas antes recalcular os nossos objectivos e analisar o que fizemos de errado e o motivo, passado depois por elaborar um plano para superar esses obstáculos da próxima vez.

Tentei essa mesma fórmula sempre que falhei, e gostaria de partilhar com vocês algumas coisas que fui aprendendo a evitar quando tento mudar algum hábito.

1. Tentar mudar dois ou mais hábitos ao mesmo tempo

Muitos de nós já tentamos fazer isso. Eu quero aprender a acordar cedo, começar a praticar exercício físico, adquirir hábitos de alimentação saudável, ser mais organizado, tudo ao mesmo tempo. Mas por muito entusiasmo que tenha por todos esses objectivos, tentar mudar dois destes hábitos ao mesmo tempo é posicionar-mo-nos para o fracasso. Já o tentei, muitas vezes. Certamente que é possível, mas não para aqueles como eu que têm dificuldades em mudar hábitos (e julgo que não serei o único).

Com a minha experiência julgo que quando nos focamos em um objectivo de cada vez, um mês de cada vez, podemos triplicar ou quadruplicar as hipóteses de ter sucesso. Dedique toda a sua energia naquele hábito que pode ter mais impacto imediato na sua vida, e quando esse hábito estiver em auto piloto, passe ao próximo. Mude os seus hábitos, um de cada vez.

2. Não apontar o nosso plano em papel

É fácil acordar de manhã cedo, saltar da cama e gritar bem alto, “Eu hoje vou fazer uma mudança na minha vida”. Quem é que ainda não fez isso? Mas dizer para nós mesmos, quer seja aos berros ou apenas em sussurros que vamos mudar, não é suficiente. Tem mesmo de escrever os seus objectivos.

Escreva uma data de início. Escreva uma data de finalização (30 dias é um bom intervalo de tempo). Escreva exactamente o que é que vai fazer, como vai ser responsável, quais as suas recompensas, quais são os obstáculos. Escreva num papel e mantenha-se fiel ao plano.

3. Não estar completamente comprometido

Este é um dos erros que já cometi dezenas de vezes. Penso “amanhã vou acordar bem cedo”, depois coloco o despertador para a 7:00h da manhã. No outro dia o despertador toca, toca, toca e o máximo que faço é tentar desligar o despertador. Quando finalmente me levanto e vejo as horas lá vem o sentimento de culpa, até me comprometer novamente (e não completamente). Assim não funciona.

Tens de te comprometer COMPLETAMENTE, isso significa comunicares ao mundo inteiro das tuas intenções. Coloca no teu blog, conta à tua família, amigos, colegas de trabalho, ao padeiro, ao teu amigo de escola que cumprimentas sempre que o vês no supermercado e que chamas de amigo por não te lembrares do nome dele. Quanto mais gente melhor. Publicita o teu plano por inteiro. Coloca um poster no frigorífico e na tua secretária com as tuas intenções. E por ultimo fazer uma promessa aos filhos.

4. Falta de apoio

Invariavelmente vão haver momentos em que você vai vacilar. Para quem é que se vai virar quando precisar de encorajamento? Se não tiver uma boa resposta para esta pergunta, precisa de pensar bem. Se você for casado ou tiver um(a) companheiro(a) pode recorrer do seu apoio, mas tenha mais do que um apoiante.

Talvez a sua mãe, a sua irmã ou irmão. o seu melhor amigo, patrão, talvez um amigo online, ou melhor ainda, junte-se a um grupo de apoio ou fórum online cheio de pessoas que estão a tentar o mesmo que você. Comprometa-se com eles, e peça-lhes ajuda quando estiver a passar por uma fase menos boa, prometa que lhes ligará nessa altura. Coloque isto no seu plano.

5. Não pensar nas suas motivações

Ao que as pessoas chamam de disciplina eu chamo de motivação. Porque é que está suficientemente disciplinado para fazer qualquer coisa? Porque tem a motivação certa. Se perde a motivação, perde a disciplina. Antes de iniciar a sua mudança de hábito, pense nos seus verdadeiros motivos.

Porque é que está a fazer isso? O que é que o manterá no rumo certo quando se esquecer das razões? O compromisso público é uma grande fonte de motivação, mas terá de ter algumas vindas do seu íntimo. Escreva-as no seu plano.

6. Não estar ciente dos obstáculos

Cada mudança de hábito é um caminho cheio de obstáculos. Infelizmente, quando atingimos algum obstáculo, normalmente desistimos. Ou voltamos a tentar, mas atingimos os mesmos obstáculos uma e outra vez, com os mesmos resultados. Em vez disso, pense no percurso e tente antecipar os obstáculos.

Se já falhou antes, pense no obstáculo que o impediu de suceder. Se nunca tentou mudar esse hábito, faça uma pesquisa e leia o que outras pessoas que já tiveram sucesso ou fracassaram têm a dizer, e descubra quais podem ser os obstáculos que o esperam. Depois elabore um plano com os detalhes do que fará quando se deparar perante esses mesmos obstáculos.

Por exemplo, eu tenho algumas dificuldades em controlar o meu apetite quando vou comer fora. O que é que eu farei quando for comer fora? Quais são as minhas estratégias? Eu tenho de pensar nelas antes de ir, porque quando o momento chega e não temos um plano, então já é tarde demais.

7. Esquecer de registar o progresso

Podemos mudar os hábitos sem registar o progresso, mas manter um registo do progresso aumenta as hipóteses de sucesso, e porque é que não quererá fazer isso? As coisas já são difíceis o suficiente sem usar todas as ferramentas que estão ao nosso dispor.

Um registo do progresso ajuda-nos a ter sucesso porque recorda-nos a ser consistentes. Mantém-nos conscientes do que estamos realmente a fazer. Motiva-nos, porque queremos escrever coisas positivas no nosso registo. Ajuda a manter-mo-nos responsáveis perante as pessoas a quem fizemos promessas.

8. Não ser responsável

Por falar em responsabilidade, é a segunda parte do compromisso público. Não chega fazer um grandioso anúncio no seu blog e não anunciar a sua evolução. Por exemplo, se anunciar os seus planos para melhorar a sua forma física, vai ter de reportar os seus progressos a todos a quem anunciou o seu plano.

Coloque uma ficha de progresso no seu local de trabalho, ou faça-o pessoalmente, quer tenha tido sucesso ou tenha falhado, tem de criar um sistema para que se torne responsável pelos seus compromissos.

9. Não conhecer os gatilhos

Isto é um passo importante para modificar qualquer hábito. Todos os hábitos têm pelo menos um gatilho, ou seja, um evento que antecede imediatamente o hábito. Alguns hábitos têm mais do que um gatilho, por exemplo para quem fuma alguns dos gatilhos incluem, momentos de stress, sexo, comer, sair para beber uns copos, etc. Sempre que qualquer um destes eventos acontece, quase sem falhar, fuma um cigarro, ou isso ou dispara a ânsia para o fazer.

Quanto mais consistente é a ligação ao gatilho, mais forte é o hábito. Portanto, quando tentamos quebrar um hábito, temos de conhecer todos os seus gatilhos, e depois criar um hábito positivo para substituir o negativo para cada um dos gatilhos. Pode por exemplo sempre que está stressado ir dar uma corridinha ou substituir o cigarro pela pastilha.

Coloque os seus gatilhos no seu plano e seja super consistente com eles, quando os eventos gatilho acontecem, execute o novo hábito IMEDIATAMENTE, todas as vezes sem excepção. Quanto menos consistente for com os seus gatilhos, mais fraco vai ser o hábito.

10. Não fazer o nosso trabalho de leitura

Em toda a mudança de hábito, eu descobri que é importante ler o máximo possível sobre ele, antes e durante o processo de mudança. Eu faço a minha pesquisa para encontrar estratégias para ter sucesso, procuro encontrar os potenciais obstáculos, e boas ferramentas que me ajudem a ser bem-sucedido. E continuo a ler blogs, revistas, livros, fóruns e histórias de sucesso depois de começar para me motivar.

13 coisas a evitar quando estamos a tentar mudar os nossos hábitos

11. Mudar o foco demasiado cedo

Muitas das vezes iniciamos o processo de mudança, e após uma ou duas semanas mudamos o nosso foco para outra coisa qualquer. Bem, o hábito possivelmente não estará por esta altura suficientemente enraizado e apenas perdemos todo esse tempo a tentar formar um hábito e abandona-mo-lo antes de estar em piloto automático. Em vez disso, mantenha-se fiel ao novo hábito pelo menos durante 30 dias, e seja o mais consistente possível.

12. Não ser consistente

Eu já mencionei isto uma serie de vezes até aqui, mas tem de ser abordado porque é realmente muito importante. Se ligar um hábito a um gatilho, terá de executar o hábito todas as vezes, imediatamente após o gatilho. Se o fizer apenas algumas vezes e noutras não, então você não consegue formar um novo hábito.

Tente não falhar nunca se possível, porque se falhar uma vez, irá sentir-se tentado a falhar uma segunda vez e assim sucessivamente, e assim não terá nada.

13. Desistir depois de falhar

Caso falhe uma, duas ou três vezes, NÃO DESISTA. Tente descobrir porque é que falhou, e trace um plano para superar esse obstáculo da próxima vez. Depois seja o mais consistente possível dai para a frente, até que o hábito esteja enraizado. Se desistir está a deixar o falhanço levar a melhor.

Mas se recomeçar e for aprendendo com os erros, o falhanço tornar-se-á algo positivo que o ajudará a alcançar o sucesso. Como eu digo muitas vezes, para mim os erros e os falhanços são apenas degraus que nos permitem subir a escada do sucesso. Se decidir parar antes de alcançar o topo nunca irá saborear o verdadeiro prazer da conquista e lembre-se que mudar o que quer que seja vai custar.

Portanto se tem medo de mudar, vá-se acostumando a viver amedrontado se pretende realmente ter sucesso terá de mudar os seus hábitos podres e velhos para novos e frescos hábitos de sucesso. Só assim conseguirá viver uma vida preenchida e ter o controlo absoluto sobre a mesma, evitando ser controlado pelos seus hábitos assumindo o lugar do condutor desta coisa que alguns chamam “vida”.

Vai gostar também de ver:

11 Respostas a “Mudar hábitos, o que evitar para alcanças os seus objetivos”

  1. Boas dicas lol
    E é tudo verdade eheh mudar não é fácil, mas com esforço e vontade tudo se consegue :D

  2. Great Blog!

  3. Hi,
    Can i take a one small picture from your blog?

    Have a nice day
    Robor

  4. Já aprendi qualquer coisa… só falta por em prática… “That’s one small step for [a] man, one giant leap for mankind” neste caso … A small step that results on a giant leap for me :-)

    Bom Ano 2011!

  5. O texto acima, explicitado: vem com tópicos super delineados, onde temos a opurtunidade de alimentar nossa vontade de mudanças, e sabemos que sozinhos não conseguiremos, mas quando realmente quisermos temos estas ferramentas disponíveis, estas informações estão aí, a nossa disposição, é só nós executarmos a proposta, conforme nosso desejo e força de vontade
    Parabéns, continue dividindo coisas boas, para auxiliar no processo de polimento que o ser humano precisa…

  6. Você é um ser humano evoluído e muito capaz, pois tem a sabedoria para compartilhar com o próximo. Seu texto me ajudou muito, pois enfrento uma batalha interna de mudança. Não poderia receber melhor presente do que esses conselhos que você passará. Muito obrigado.

  7. Obrgdo plax intelgnts dicas

  8. Obrigada pela partilha. Está muito interessante este texto e blogue.

  9. Acho que estas dicas vao me ajudar muito. obrigada

  10. Meu amigo, esse é um exelente blog, parabéns, gostei muito das dicas : )

  11. A mudança realmente é complicada para que posssamos ser produtivos é necessario abrir de algumas coisas mas o que realmente importa é onde vc quer chegar e o que vc está disposto a fazer para chegar. Depois disso é só curtir a caminhada.

Deixe o seu comentário