Como resolver problemas da vida




É tendência de todo o ser humano quando se depara com um desafio focar-se demasiado nos problemas e negligenciar o foco nas soluções. Quantas vezes já passou horas e horas a pensar em determinado problema, a afligir-se, a reclamar e a torná-lo ainda maior na sua cabeça? Muitas, com certeza. E quantas vezes, já tentou desviar a atenção do problema em si para as possíveis formas de o resolver? Por certo, não tantas vezes como as que gostaria. Aprenda como resolver problemas que lhe ocupam demasiado tempo focando-se mais nas soluções.

Identificar o problema ou desafio com clareza




De nada adianta passar horas a pensar sobre determinado problema, só o levará à exaustão. Pense nele apenas o tempo suficiente para conseguir defini-lo com objetividade. Se o problema provocou algum stress que dificulta a sua concentração, que será necessária para definir o problema clara e objetivamente o melhor é descobrir como reduzir o stress primeiro. Quando estiverem reunidas as condições e sentir alguma tranquilidade, passe para o papel todas as características do problema ou desafio que procura superar.

Descubra o poder da reação para resolver problemas

Uma vez definido o problema, é altura de reagir. É necessário que tome a decisão de que está na altura de alterar a situação. Quanto mais tempo demorar a reagir maior o problema lhe parecerá e mais difícil será focar-se nas soluções. Se continuar a analisar o problema ou desafio eternamente nunca o irá conseguir superar, procure soluções simples e que possa começar ainda hoje a colocar em prática. Nem que seja simplesmente meditar e interromper o turbilhão de pensamentos, a solução será muito mais fácil de encontrar se a sua mente estiver livre da enxurrada doentia de pensamentos circulares relacionados com o seu problema.

Brainstorming para encontrar soluções

Já definiu o problema e decidiu fazer algo para o resolver. Mas o que fazer na prática? A técnica de brainstorming é muito usada pela psicologia e é ideal para começar a focar-se em soluções. Numa folha escreva todas as ideias que lhe surjam como solução, mesmo as que pareçam estapafúrdias, não utilize qualquer tipo de censura. Depois de ter um bom número de ideias, veja quais as que têm potencial e reflita sobre as mesmas atribuindo uma classificação de acordo com o que considera mais adequado para si.

Digamos, por exemplo, que o seu problema é uma situação de desemprego. Já sabe qual é o seu problema, já colocou no papel todas as caraterísticas do problema, e decidiu reagir e fazer algo para mudar a situação atual. Na fase inicial do brainstorming imagine tudo o que pode fazer para alterar esta situação, nem que seja, tomar conta do bebé de um vizinho ou vender bolos cozinhados por si. Na segunda fase, passe para o papel as vantagens e os riscos de cada solução, vá eliminando as ideias que realmente não têm potencial e deixe as que não são assim tão más e as boas.

Como resolver problemas, passar à ação

Tem agora duas ou três soluções que lhe agradam para a resolução do seu problema. É altura de agir, definir metas e objetivos, ir à luta. Ninguém vai resolver os seus problemas por si, só com esforço e dedicação conseguirá atingir o que deseja. Esta é talvez a fase mais exigente da resolução de problemas pois requer realmente uma mente forte e um espírito que não desiste facilmente. Já tem as soluções escritas com as suas vantagens e desvantagens, agora basta acrescentar no papel um plano de ação para cada uma das ideias bem como uma data para cada um dos passos necessários até à sua conclusão.

Após este passo concluído reveja a classificação dada a cada uma das soluções e se necessário atribua novas classificações. E por fim, passe à ação. De acordo com a sua lista comece a agir na solução melhor classificada e se em qualquer momento se sentir pressionado pela quantidade de passos necessários para a conclusão do seu plano, lembre-se, “um elefante come-se uma dentada de cada vez”. Foque-se apenas no presente e no seu passo atual. E se necessário não tenha medo de mudar os seus hábitos mesmo que façam parte da sua vida desde que se lembra.

Avaliação do plano

Quando consegue colocar as suas soluções em prática, é importante avaliar novamente a situação. As soluções que encontrou são à sua medida? Sente que teve sucesso na resolução do problema? Se sim, ótimo! Se sente que podia mudar qualquer coisa, volte à fase de brainstorming e recomece o processo. E não desanime nem perca novamente tempo a lamentar-se, lembre-se que a forma mais fácil de resolver o seu problema é focar-se nas soluções. Depois de aprender como resolver problemas de forma prática e eficaz, focando-se nas soluções a sua vida nunca mais será igual.

Deixar uma resposta